... na beira da estrada, tá bichada ou tem marimbondo no pé!!!

sábado, 4 de julho de 2009

A morte de Michael

Michael Jackson morreu. Semana passada, na quinta-feira. Hoje é sábado da semana seguinte e ainda não se fala de outra coisa. Será que até o Natal ele será enterrado?
Tem mais de uma semana que só se fala disso em todos os meios de comunicação existentes. O cara já vendeu milhões de álbuns depois de morto, tanto que deu até pra pagar as dívidas dele. Vendeu mais que Elvis Presley com sua morte também repentina. Já fizeram missa de sétimo dia pra ele no Rio de Janeiro, já fizeram estátua homenageando-o em uma galeria em São Paulo e o velório vai ter até ingresso sorteado para os fãs. O site da internet onde é feito o cadastro para o sorteio já recebeu zilhões de visitas. O caixão dele será coberto de ouro e forrado com veludo, mais confortável do que a minha cama. Mas ele é o Michael Jackson, né, merece descansar em paz em um super caixão de veludo e ouro; além do passeio numa carruagem linda, toda branca, igual à da Cinderela. Pelo menos não vai virar múmia, como estavam falando. Até o testamento dele e um documento de avaliação de seus bens estão disponíveis em PDF.
A questão é: pra quê essa palhaçada toda? Por que tanto fuzuê em cima da morte de uma pessoa? Todo mundo morre, a morte é pressuposta pela vida, e não deveria ser esse tabu todo. Além do mais, a morte do MJ está abafando várias coisas que deveriam ser divulgadas pela mídia, como por exemplo, a queda desse avião no Oceano Índico que teve uma menina sobrevivente, mas em vez de ser super falada como toda queda de avião, só saiu o cheiro da notícia, porque MJ morreu e o mundo todo está muito ocupado acompanhando a morte dele pra pensar em outras 152 pessoas que morreram nesse avião que caiu.
Tudo bem que eu também acho um saco esse super consumo em cima dos acidentes de avião, mas trocá-lo pelo super consumo em cima da morte do MJ é ridículo. Nem Lady Di teve isso tudo. Nem o Rei do Rock teve isso tudo. Nem Frank Sinatra. É o primeiro enterro da história com ingresso e tudo, e se isso virar moda, preparem-se para a morte da Madonna – sim, ela também vai morrer um dia, desculpem. Tomara que o enterro dele saia logo, pelo amor que Afrodite tinha pra dar pra todos os deuses do Olimpo!

Caixão de MJ


Carruagem da Cinderela


4 comentários:

Priscila disse...

gentemmmm ainda não tinha visto o caixão, sem duvidas é melhor que minha cama srrs
cara 25.000 dá pra alimentar muitas criancinhas pobres, além do mais pra que passear de carruagem? ta morto, tem nada ali.
e pelo amor né? concorrer a ingresso pra ver enterro, é muita falta do que fazer!!
o mundo tá mesmo perdido e Michael nã morreu, está por ai com Elvis, (que por sinal já foi seu sogro) em neverland quem sabe!! rsrsrs

Bruna Gonçalves disse...

Huahaha!!! Adorei esse comment!

Designer(a) disse...

sabe pq todo esse bafafá?
simples: Tio michael não era um artista (cantor/dançarino)
Ele começou como artista, mas se transformou em ícone. Ele virou um ícone e dá pra entender o pq disso tudo.
Eu curti tio michael, confesso, e foi muito triste a forma como ele se foi (comparando sua carreira lindíssima no começo).Mas a mídia aproveita desse "poder de ícone" a bebe litros de dinheiro com o pobre coitado....Que Deus o tenha.

Santa Cecilia disse...

Não só a notícia da queda do avião, mas pior... o movimento políticono Irã, que estava sob os holofotes, um momento fundamental na história daquele país, foi totalmente esquecido... para os iraniaos só sobrou o Twitter.